Tarte Folhada de Figo e Amêndoa

Fiz esta receita antes de rumar a sul, de férias, ainda no mês de Setembro. Mas por falta de tempo não consegui publicar antes. Era para ser o post de despedida do Verão, como forma de aproveitamento dos últimos figos desta maravilhosa estação. Assim, com esta receita dou as boas vindas ao Outono.
Adoro figos, lembro-me de gostar de figos desde sempre. Cresci a brincar debaixo de uma figueira enorme que o meu avô tinha em frente da casa. Adorava esta altura do ano, quando os figos estavam no seu auge de amadurecimento, a pingar aquele mel doce e suculento e deliciava-me a apanhá-los e a comê-los directamente da árvore.

Decidi fazer esta receita depois de ver a tarte que a Sílvia do blog "Bocadinhos de Açúcar" fez. A tarte dela tem muito bom aspecto, mas eu queria algo diferente e como nunca sigo à risca uma receita, decidi criar a minha tarte de figo, à qual juntei a amêndoa. Não ficou estéticamente perfeita, mas o sabor é divinal.




Ingredientes:
| 1 base de massa folhada
(comprei no Lidl, por ser rectangular)
| 1 gema de ovo
| 125 gr. de amêndoas
| 100 gr. de açúcar amarelo
| 90 gr. de margarina
| 1 ovo
| raspa de 1 limão
| 1 pitada de sal
| 10/12 figos maduros

[preparação da base]
Desenrole a massa. Corte ao meio e numa das metades corte uma "moldura" com cerca de 2cm em toda a volta. Pincele com margarina a outra metade no rebordo adjacente onde irá colocar a "moldura". Com a restaste massa corte tiras com 2cm de largura e coloque-as por cima da 1ª camada, formando assim uma 2ª camada, pincelando com margarina entre camadas e tendo o cuidado de selar bem todas as pontas. Quando terminar, pincele a "moldura" com gema de ovo e reserve no frigorífico.
 
Método Tradicional:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Numa frigideira leve as amêndoas a torrar em lume médio durante cerca de 5 minutos. Retire-as, coloque-as numa picadora e reduza-as a farinha. Às amêndoas adicione o açúcar em pó, a margarina amolecida e o ovo. Mexa enérgicamente até obter uma massa fina e homogénea. Adicione a raspa de limão e 1 pitada de sal e envolva. Espalhe este preparado sobre a massa folhada, tendo o cuidado de não verter para fora da "moldura".

Lave e corte os figos em quartos e disponha-os sobre a massa. Leve ao forno a cozer a 200ºC, cerca de 25 minutos ou até que a massa folhada fique bem dourada.

Método Thermomix-Bimby:
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Numa frigideira leve as amêndoas a torrar em lume médio durante cerca de 5 minutos.
Coloque as amêndoas no copo e programe (10seg/vel9). Adicione o açúcar em pó, a margarina amolecida, o ovo, a raspa de limão e 1 pitada de sal. Programe (20seg/vel4). Espalhe este preparado sobre a massa folhada, tendo o cuidado de não verter para fora da "moldura".

Lave e corte os figos em quartos e disponha-os sobre a massa. Leve ao forno a cozer a 200ºC, cerca de 25 minutos ou até que a massa folhada fique bem dourada.






















44 comentários:

  1. Então mas eu ainda agora saí daqui, com o cheiro da fritatta e tu ja tens aqui uma tarte??
    E uma tarte nao, uma obra de arte!! E olha a parte que tem defeito, tu poe dentro de uma caixinha e envia pra Sibéria sim?? Aqui nao ha figos frescos e se há nem me atrevo pelo preço!!
    Amendoa e figo faz-me lembrar os doces do Algarve! E esses lembro-me bem!
    Imagino o cheirinho nessa cozinha!! Ai como eu ia gostar de ser tua vizinha!
    Olha lá, e estas fotos? Tu queres que tenha um ataque né? Se antes eras uma fonte de inspiração, agora ja nao sei bem o que dizer-te! :)
    Pronto, saio daqui a sonhar! :)
    Beijinhos,
    Mena.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ooh Mena! Obrigado pelo comentário simpático. Assim deixas-me sem palavras. E olha, gostava mesmo que provasses esta tarte, ias adorar, o sabor do figo com a amêndoa é assim uma coisa para lá de fantástica. E sim, faz muito lembrar os doces regionais do Algarve, dos quais eu sou fã.
      Fonte de inspiração? Eu?! Oh, vá lá deixa-te de exageros. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  2. Célio, a tarte está fantástica. Já sabes que também partilho o gosto pelos figos.
    Sei que a tarte estaria super saborosa.
    Parabéns pelas fotos...estão lindas.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Silvia, já andava para experimentar esta tarte à imenso tempo, mas os figos são tão caros e duram tão pouco tempo que andava à espera de uma oportunidade. E foi quando o meu sogro me apareceu em casa com uma caixa de figos, no dia em que publicaste a tua receita da tarte a la Frangipane que eu disse para mim mesmo "é hoje". Fiz dois dias depois e só não publiquei antes, como te disse, por falta de tempo. Mas pronto, já cá está. ;)

      Eliminar
  3. Estou encantada com a tua tarte e com as tuas fotos, adorei e ainda mais por merecer que ela faça parte da minha festa de aniversário,

    Obrigada Célio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mariana é uma honra dedicar esta receita à tua festa de aniversário. Tu mereces, pela excelente cozinheira que és e obrigado eu pelo elogio. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  4. Tenho memórias muito semelhantes... Em pequena também comia os figos, mal os apanhava de uma figueira ao lado da casa da minha avó! Será que são as memórias que me fazem adorar figos??? Isso já não sei... Gabo a tua tarte! Ficou linda! Eu nunca tenho coragem para fazer alguma receita com figos! Mas aceito uma fatia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marina, deve ser mesmo isso, como é um fruto que dura pouquíssimo tempo, nem sequer dá para enjoar e então como começámos a gostar desde pequenos, tomámos-lhe o gosto. ;)
      Experimenta um dia fazer uma tarte de figos, vais adorar. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  5. wow... que trabalho incrível. Parabéns Célio!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Maria João! Assim fico sem saber o que dizer. Mas muito obrigado, a sério. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  6. Tarte maravilhosa e digna de nota! ;-)
    Abçs
    www.viveraprendendo.com

    ResponderEliminar
  7. Uma tarte que ficou com uma incrível apresentação bem Rústica!!!
    Eu adoraria comer uma fatia...mas também adorava comer só os figos! Podia ser um pouco de cada!

    Beijinhos;
    Angelina Lopes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Angelina, por pouco sobraram uns quantos para a tarte, porque eu adoro comer figos ao natural e estes eram tão docinhos que quase não sobravam.
      Obrigado e beijinho. ;)

      Eliminar
  8. Adoro figos! Docinhos e pingo de mel :)
    São deliciosos ao natural e em trates lindas como esta.
    Adoro a combinação com amêndoa, é maravilhoso.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês! Vi, durante as férias que também publicaste uma tarte de figo e amêndoa e que bonita que ficou. Sim, o sabor desta tarte é divinal. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  9. Na minha humilde opinião ficou LINDA!!
    Deve estar maravilhosa
    bjs

    ResponderEliminar
  10. Adoro figos e adorava fazer uma tarte,mas se fizesse teria que a comer sozinha pois só eu gosto de figos.
    A tua ficou fantástica...adorei,
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado São! Esse também era o meu receio, pois sou o único que aprecia figos cá em casa. Mas decidi arriscar e sabe bem ouvir coisas como "esta foi das melhores tartes que fizeste até hoje". Não perdes nada em arriscar fazer e podes sempre dar a provar a uma amiga, uma vizinha e assim já não te "pesa" tanto na consciência.
      Obrigado. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  11. Que belos figos, adorei o arco-íris que fazem quando ficam todos alinhadinhos! E eu ando há procura de um boa forma de gastar os meus últimos figos. Gostei desta, acho que vou experimentar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, Ondina! Fica uma tarte muito deliciosa. ;) Também gostei daquele efeito de cores e não resisti a publicar. Obrigado. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  12. Até eu tenho saudades dos assaltos que eu fazia as arvores de frutos dos meus avos.
    Ultimamente as receitas com figos andam em alta aqui pelos blogs, o que eu gosto muito, Célio se tem defeito o melhor é não a comeres, manda para mim que eu dou um trato nela ;).
    São Ribeiro não te preocupes que qd for assim, podes contar comigo, estou aqui para ajudar principalmente se for para comer hehehehehehehe
    Depois disto acho que é escusado dizer que a tarte está mesmo boa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anselmo, é pena porque não sobrou nem um pedacinho para contar a história, mas uma coisa posso garantir, esta tarte é uma delicia. Experimenta. ;)
      Obrigado.
      Um abraço. ;)

      Eliminar
  13. Qual não ficou estéticamente perfeita qual quê!... Está lindíssima, a forma menos simétrica dá-lhe um ar caseiro encantador! Adorei1
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ooh, obrigado pelo simpático comentário! Vocês são uns queridos.
      Beijinho. ;)

      Eliminar
  14. Boa noite! Gosto muito de figos e esta tarte ficou com um aspecto muito bom!
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Célio :)

    A Mãe tem uma figueira "pingo de mel", também eu tive em tempos uma aqui no meu pequeno jardim... já não tenho, mas a Mãe continua a ter...
    Quando a visito por esta altura, delicio-me a fazer o que contaste que fazias...
    Fruta tão boa esta, adoro ! :)
    Tal como adoro a tua tarte, inspirada na também lindíssima tarte da Silvia ! :)

    Fotos maravilhosas com que nos prendas e que nos hipnotizam o Olhar, que lindas !
    Que aspecto divinal tem essa tua criação, parabéns ! :)

    Beijinho grande *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ooh! Obrigado Isabel, estes vossos comentários deixam-me assim.... de coração muito cheio. Sabe tão bem receber este carinho que vem desse lado.
      Muito obrigado, és uma querida. ;)
      Beijinho grande.

      Eliminar
  16. E depois ainda falas tu da minha foto? Célio, maravilhoso, todo o post! A tarte, a receita e as fotografias lindas!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Ficou muito bonito e com certeza delicioso ... Bravo !!!

    abraço
    Daniel
    www.feitonahora.com

    ResponderEliminar
  18. Olá Célio, apesar de não ser apreciadora de figos frescos, adoro a combinação de figos secos com amêndoa, tão presente nos docinhos aqui do meu Algarve, por isso acho que ia gostar desta tarte. Ficou fantástica! As fotos estão lindíssimas. Bjinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Rute. Sim, acho que ias gostar desta tarte e faz mesmo lembrar aqueles docinhos maravilhosos que o Algarve nos oferece. ;)
      Beijinho.

      Eliminar
  19. Eu adoro figos e esta tarte além de linda devia estar com um sabor divinal. A conjugação com a amêndoa é maravilhosa
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ficou mesmo uma delicia Isabel. Uma conjugação perfeita. ;)
      Obrigado e beijinho.

      Eliminar
  20. Só pode ser deliciosa, eu adoro figos (são a minha fruta preferida).
    Kiss, Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/10/dia-um-na-cozinha-e-escolha-do.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adoro figos e adorei esta tarte. ;)
      Beijinho.

      Eliminar