Bolonhesa de Lentilhas


De repente tudo mudou. Um vírus altamente contagioso foi alastrando pelo mundo fora causando uma pandemia. Ninguém estava preparado nem ninguém jamais imaginou que isto pudesse ser tão grave como se veio a revelar. Começámos a ser aconselhados diariamente para lavar as mãos com frequência e para tossirmos para o antebraço. Em poucos dias estávamos a ser "convidados" a ficar isolados nas nossas casas, evitando assim o contágio do vírus. E daí até ser declarado o estado de emergência pelo nosso presidente foi um pulo. De um dia para o outro vimos as nossas rotinas a serem mudadas, ficámos cheios de dúvidas e incertezas sobre o futuro e com a certeza de uma iminente crise económica que irá afectar todos os portugueses. Ninguém disse que ia ser fácil. Mas o mais importante no meio disto tudo é estarmos bem de saúde, ainda que isolados, e saber que os nossos também estão bem. Iremos ultrapassar este pesadelo e todos estaremos mais fortes e unidos para usufruir da vida em pleno. Enquanto esses dias não chegam, vamo-nos manter em casa e travar esta pandemia.


Com a família mais próxima em casa, após a corrida desenfreada aos supermercados que gerou o escoamento de alguns produtos e a incerteza do que estes dias nos possam trazer no futuro, muitos de nós fomos obrigados a mudar a gestão das refeições e a forma como usamos os ingredientes. Tentamos rentabilizar as refeições e evitamos ao máximo o desperdício. Ser sustentável nas nossas cozinhas está na ordem do dia. 

Nesse sentido trago uma sugestão que rende bastante, podendo-se até dobrar a receita por forma a ter uma refeição pronta nos dias seguintes. Como sabem as lentilhas são uma leguminosa muito rica em proteína e são um óptimo substituto da carne. Nesta receita uso as lentilhas vermelhas, não havendo a necessidade de serem demolhadas o que torna a receita ainda mais fácil. Usei também cenoura e cogumelos mas estes podem perfeitamente ser substituídos por courgette, por exemplo. Para uma versão vegan da receita podem omitir o queijo parmesão ou substituir este por levedura nutricional ou "queijo" parmesão vegan.

Nesta receita uso, como habitual, as massas da marca Nacional. Acho que agora, mais do que nunca, devemos apoiar as empresas nacionais, principalmente as que produzem bens alimentares de primeira necessidade e que fazem um esforço enorme para estes bens não faltarem nas prateleiras do supermercado. Escolhi a massa Esparguete Trevo Nacional, mas esta bolonhesa combina bem com a Esparguete Clássica ou com qualquer outra massa da Nacional. Visitem o site da marca, inspirem-se e fiquem a conhecer esta e outras tantas deliciosas receitas.






Bolonhesa de Lentilhas

Ingredientes:
| 2 c. (sopa) de azeite
| 1 cebola picada
| 1 dente de alho picado
| 2 folhas de louro
| 2 cenouras cortadas em pedaços
| 150 g de cogumelos picados
| sal e pimenta qb
| 50 ml de polpa de tomate
| 1 c. (chá) de manjericão seco               
| 400 g de tomate picado
| 150 g de lentilhas vermelhas
| 500 ml de caldo de legumes (ou água)
| 250 g de massa Esparguete Trevo Nacional
| queijo parmesão 
| folhas de manjericão fresco

Preparação:
1 . Aqueça o azeite em lume médio numa frigideira, junte a cebola picada, o dente de alho também picado, as folhas de louro e salteie até a cebola alourar.

2 . Adicione as cenouras e os cogumelos e deixe cozinhar cerca de 5-7 minutos, mexendo de vez em quando.

3 . Tempere com sal e pimenta, junte a polpa de tomate e o manjericão seco. Envolva e deixe cozinhar cerca de 2 minutos.

4 . Adicione o tomate picado, as lentilhas e envolva. Cubra com o caldo de legumes e deixe levantar fervura. Deixe cozinhar durante cerca de 15-20 minutos, mexendo de vez em quando e até as lentilhas estarem tenras. Se necessário adicione mais caldo ou água e rectifique os temperos.

5 . Enquanto as lentilhas cozinham, leve um tacho ao lume com água e sal, deixe levantar fervura e coza  a massa Esparguete Trevo Nacional, seguindo as instruções da embalagem.

6 . Sirva a bolonhesa sobre o esparguete, salpique com queijo parmesão ralado e folhas de manjericão fresco.





Hummus de Pimento Assado


Numa altura de muitas dúvidas relativamente ao futuro, muitos de nós começamos a fazer contas à vida. O que ontem dávamos como certo e garantido, hoje são apenas incertezas. Irá a empresa na qual trabalho sobreviver a esta crise?! Terei dinheiro suficiente para garantir comida na mesa à minha família, durante estes dias que se podem prolongar durante meses?! Irão os fornecedores de bens essenciais aumentar os preços devido à procura?! Estas e outras perguntas vagueiam nas nossas mentes nesta fase menos boa que o mundo está a atravessar. Passamos a ser mais ponderados na hora de comprar, procuramos ser mais sustentáveis e evitamos ao máximo o desperdício. A organização é essencial na hora de ir às compras e se não formos cautelosos podemos dar cabo do orçamento. Neste sentido procuro cada vez mais consumir legumes e leguminosas. Agora mais do que nunca está na hora de consumirmos produtos locais e sazonais. Devemos ajudar os pequenos produtores que tanto se esforçam para nos chegue ao prato os melhores produtos.


As leguminosas sempre fizeram parte das minhas refeições e cada vez mais procuro formas diferentes de as poder usar. São muito ricas em proteínas e um óptimo substituto da carne. Para além de serem muito versáteis, são económicas e rendem imenso, podendo ainda ser cozinhadas de diferentes maneiras. Uma que uso bastante é o grão-de-bico, o ingrediente principal deste Hummus. Para quem não sabe, hummus é a palavra árabe que significa "grão-de-bico", sendo também o nome desta pasta, que para além desta leguminosa leva também na sua composição pasta de sésamo (tahine), azeite, sumo de limão e alho. Esta é uma receita que faço imensas vezes, quer seja na versão original, ou com outros sabores como o Hummus de Beterraba, de abacate ainda o Hummus de Espinafre. É uma receita muito simples que pode ser servida como entrada num jantar ou, em maior quantidade, pode mesmo servir de refeição. Eu, que gosto de petiscar, confesso que faço desta receita muitas vezes o meu jantar, principalmente naqueles dias em que apetece algo mais leve e rápido e não quero estar muito tempo na cozinha. Experimentem, pois tenho a certeza que vão gostar.




Hummus de Pimento Assado

Ingredientes:
| 300 g de grão-de-bico cozido
| 200 g de pimento vermelho assado
| 1 c. (sopa) de pasta de sésamo (tahini)
| sumo de 1/2 limão
| 1 c. (sopa) de azeite
| 1 c. (chá) de paprika fumada
| 1 dente de alho
| 1/2 c. (chá) de sal
| 1/2 c. (chá) de cominhos moídos
| 1/4 c. (chá) de pimenta de Caiena (opcional)
| mistura de sementes para servir

Preparação:
1 . Coloque todos os ingredientes, à excepção das sementes, num processador de alimentos. Triture numa velocidade alta, durante 2-3 minutos, até obter uma pasta bem cremosa e uniforme. Se necessário, adicionar mais um fio de azeite e rectificar os temperos.

2 . Transfira o hummus para um prato de servir, regue com um fio de azeite e polvilhe a gosto com a mistura de sementes (opcionalmente poderá polvilhar com paprika fumada e salsa ou coentros picados).

3 . Sirva com tostas ou palitos de legumes ou conserve no frigorífico, em recipiente hermético durante 3-4 dias.



Macarrão no Forno com Legumes Assados


Celebramos amanhã o Dia do Pai e a convite da Nacional, preparei esta receita como forma de homenagear todos os pais. Ouvimos muitas vezes a frase "o dia do pai é todos os dias". Não deixa de ser verdade, assim como o é o Dia da Mãe mas, sinceramente, acho que estas datas devem ser comemoradas. Não é o facto de existir um dia especial dedicado a eles, que lhes vai tirar o mérito da paternidade. Da mesma forma que comemoramos o nosso aniversário num dia específico do ano, isso não impede que possamos celebrar a vida nos restantes dias do calendário. Comemorar esta data é uma forma de valorizarmos a presença da figura paterna nas nossas vidas, tratando-se ou não do pai biológico ou até da mãe que desempenha o papel de pai, ou dos avós que também foram pais. É uma forma de agradecer pelos valores e exemplos que eles nos transmitiram. 


Muitos de nós adoraríamos estar com os nossos pais amanhã, mas atendendo ao momento difícil que todos estamos a viver, tal será impossível. Assim sendo, fiquem em casa, pela vossa saúde e de toda a comunidade. Para quem vive com os pais, arregacem as mangas, coloquem o avental e surpreendam o  pai aí de casa com uma deliciosa refeição de massa no forno. Ou melhor, convidem o vosso pai para a cozinha e preparem uma refeição a quatro mãos para depois saborear em família. Passem momentos juntos, partilhem histórias e criem memórias. Porque são estes pequenos momentos que fazem a vida valer a pena. Sendo este um dia do pai atípico, tenho a certeza que tudo vai correr bem e ainda teremos muitos dias do pai pela frente para celebrar.

Mas passemos à receita, esta é uma refeição simples mas cheia de sabor e que se prepara facilmente. Basicamente só têm de lavar ao forno um tabuleiro com os legumes que mais gostarem, de preferência sazonais e bem temperados e, depois de assados, envolvê-los com o Macarrão GR Rigatoni da Nacional, adicionar queijo e molho béchamel e levar ao forno a gratinar. Pouco tempo depois têm uma refeição de conforto pronta a saborear. Eu confesso que sou fã deste macarrão da Nacional, porque devido ao seu grande formato e diâmetro largo, é ideal para estes pratos de forno, pois absorve todo o sabor dos ingredientes e combina na perfeição com todo o tipo de molhos. Experimentem também esta receita que irá ficar disponível, juntamente com tantas outras receitas deliciosas, no site da Nacional. E acompanhem todas as novidades em primeira mão no Instagram, bastando para isso seguir a conta @nacionalmarca







Macarrão no Forno com Legumes Assados

Ingredientes:
| 1 courgette
| 1 beringela
| 1 batata doce
| 1/2 pimento amarelo
| 1/2 pimento vermelho
| 4 cogumelos Marron
| 1/2 c. (chá) de paprika fumada
| 1 c. (chá) de alho em pó
| 1/2 c. (chá) de manjericão seco
| 2 c. (sopa) de azeite                            
| 1/2 c. (chá) de sal
| pimenta moída na hora
| 1 raminho de tomilho fresco
| 2 c. (sopa) de polpa de tomate
| 500 ml de molho béchamel
| 50 g de queijo Parmesão
| 150 g de queijo Mozarela ralado

Preparação:
1 . Pré-aqueça o forno a 200ºC e prepare um tabuleiro de forno largo.

2 . Corte a courgette, a beringela, a batata doce e os pimentos em cubos com cerca de 1-2cm e os cogumelos em quartos. Coloque numa taça juntamente com a paprika, o alho em pó, o manjericão e o azeite. Tempere com sal e pimenta e mexa com uma colher de pau para envolver. Disponha a mistura de legumes num tabuleiro de forno e salpique com folhas de tomilho fresco. Leve ao forno cerca de 25 minutos.

3 . Entretanto leve ao lume um tacho com água temperada com sal, deixe levantar fervura, adicione o macarrão e cozinhe durante cerca de 8 minutos, o tempo suficiente para ficar al dente (não deixe cozinhar demais, pois o macarrão ainda irá ao forno). Escorra o macarrão e reserve numa taça larga.

4 . Quando os legumes estiverem assados, junte-os ao macarrão. Adicione a polpa de tomate, metade do  molho béchamel, o queijo Parmesão ralado e envolva com uma colher de pau. Se necessário rectifique os temperos.

5 . Disponha a mistura de legumes e macarrão num Pyrex e por cima espalhe o queijo Mozarela ralado. Finalize com o restante molho béchamel e leve novamente ao forno, baixando a temperatura para os 180ºC e deixando gratinar durante 20 minutos. Sirva o macarrão salpicado com folhas de tomilho fresco.








Brownie Cheesecake de Framboesa


"Que é amar senão inventar-se a gente noutros gostos e vontades? Perder o sentimento de existir e ser com delícia a condição de outro, com seus erros que nos convencem mais do que a perfeição?!"
(Agustina Bessa-Luís)

Estamos em Fevereiro, o mês mais pequeno do ano, aquele que carrega na bagagem o dia em que se celebra o amor. Mesmo não sendo um adepto incondicional destas datas festivas, acho que o amor deve ser celebrado, especialmente no Dia de São Valentim. Claro que o amor que sentimos por alguém deve ser manifestado sempre, nos pequenos gestos do dia-a-dia, mas não deixa de ser interessante fazer algo diferente neste dia e surpreender a nossa cara metade. É importante sair da rotina, fazer um fim de semana a dois, ou mesmo viver uma experiência num sitio diferente. Oferecer um ramo de flores ou uma caixa de bombons pode fazer toda a diferença ou até preparar em casa um jantar simples, com uma sobremesa requintada, seguido de um passeio ou uma ida ao cinema. São estes pequenos gestos que alimentam o amor e que tornam a vida mais interessante. 


Como sugestão para este Dia de São Velentim apresento esta sobremesa, que apesar de requintada é muito simples de preparar. Quando penso numa sobremesa para esta ocasião são os frutos vermelhos que me saltam à vista. Vermelho é a cor da paixão e por isso escolhi como ingrediente protagonista as framboesas. Preparei este Brownie Cheesecake de Framboesa com a Farinha Extra Fina da Nacional. Esta farinha não contém fermento e é por isso ideal para preparar um Brownie, que se quer denso e decadente. É preparada com trigos seleccionados, e apresenta-se agora mais fina, mais branca e mais pura, sendo ideal para a confecção de bolos e tartes, massas e biscoitos, tornando assim as nossas receitas mais requintadas. Para conhecerem melhor este e outros produtos da marca Nacional, convido-vos a visitar o site, aqui, onde, aliás, podem encontrar também deliciosas receitas preparadas com os produtos Nacional. Mas se não querem mesmo perder todas as novidades da marca, sigam a página @nacionalmarca no Instagram.






Brownie Cheesecake de Framboesa

Ingredientes:
{para o Brownie}
| 115 g de manteiga
| 210 g de açúcar amarelo
| 2 ovos
| 1 c. (chá) de extrato de baunilha
| 150 g de Farinha Extra Fina da Nacional         
| 30 g de cacau 
| 1 pitada de sal
{para o Cheesecake}
| 225 g de queijo creme
| 220 g de iogurte grego natural
| 2 ovos
| 50 g de açúcar
| 2 c. (chá) de extrato de baunilha
| 250 g de framboesas + qb para decorar
| 1 c. (sopa) de açúcar em pó

Preparação:
1 . Pré-aqueça o forno a 170ºC. Unte e forre com papel vegetal uma forma de aro amovível em forma de coração ou outro formato à escolha. Reserve.

2 . Comece por preparar o brownie, batendo a manteiga amolecida com o açúcar, durante alguns minutos até obter um creme esbranquiçado. Junte os ovos e a baunilha volte a bater.

3 . Adicione a farinha peneirada, o cacau em pó e o sal e envolva bem com uma espátula. Verta o preparado na forma, alise a superfície com a espátula e reserve.

4 . Prepare o cheesecake, batendo o queijo creme com o iogurte e os ovos até obter um creme bastante homogéneo. Adicione o açúcar, a farinha e a baunilha e bata para incorporar.

5 . À parte, esmague ligeiramente com um garfo metade das framboesas. Incorpore-as no preparado de queijo creme e iogurte e verta esta mistura na forma, sobre a massa do brownie.

6 . Leve ao forno durante cerca de 55-60 minutos ou até que o cheesecake comece a ficar dourado na superfície. Retire do forno e deixe arrefecer completamente e depois coloque no frigorífico durante pelo menos 2 horas.

7 . Antes de servir, triture as restantes framboesas com 1 c. (sopa) de açúcar em pó e espalhe sobre o cheesecake. Decore a gosto com framboesas frescas.