Paris-Brest de Pistácio e Framboesa


Hoje é dia de agradecer. Todos os dias o são mas hoje agradeço por completar mais um ano de vida. Agradeço pelas boas oportunidades que a vida me tem dado, pelas escolhas que tenho feito, pela família que tenho e pelas pessoas boas que me rodeiam. Agradeço por estar vivo, ter saúde e sentir-me bem comigo mesmo. Se há uns anos atrás eu detestava fazer anos, porque sentia que estava a envelhecer, hoje sinto exactamente o oposto. Tal como a idade vai avançando, também a nossa sabedoria aumenta e faz com olhemos para a vida de forma diferente. Passamos a valorizar mais umas coisas em detrimento de outras, deixamos de nos importar com o que os outros pensam ou dizem de nós. Mantemos por perto e cuidamos ainda mais quem nos quer bem. É um dia como outro qualquer, mas este a querer lembrar-me que a vida passa demasiado rápido, sobretudo depois dos 40. Então devemos viver e celebrar cada momento de forma especial. Com as nossas pessoas especiais. Buscar a felicidade nas pequenas coisas, nos momentos mais banais do dia-a-dia. Porque esses momentos amanhã podem já não acontecer, porque essas pessoas podem já não estar cá. Recebo de braços abertos este novo ano que agora começa, na esperança de que lá fora o mundo se vai tornando cada vez melhor e que nós, seres humanos, nos tornamos cada vez mais excepcionais. Obrigado a todos os que fazem parte da minha vida!

Para celebrar este dia especial não fiz um bolo, mas antes uma sobremesa que há muito tempo queria experimentar. Este é o meu primeiro Paris-Brest, uma sobremesa clássica da pastelaria francesa, que nasceu em 1910, criada por um pasteleiro chamado Louis Durand. A sua forma foi inspirada numa roda de bicicleta, em homenagem à corrida de ciclismo que ligava as cidades francesas, Paris e Brest. Originalmente é preparado com massa choux e recheado com creme praliné mas várias versões foram surgindo ao longo dos anos. 

A minha inspiração para esta receita veio da querida Patrícia que faz os Paris-Brest mais lindos. Usei a mesma receita base da massa choux e apenas alterei o recheio ao meu gosto. Optei por um creme simples de mascarpone com sabor a pistácio, que adoro, a contrastar com a acidez das framboesas. Fica uma sobremesa bastante elegante, fresca e nada enjoativa. Perfeita para estes dias que agora começam a aquecer.






Paris-Brest de Pistácio e Framboesa
(receita adaptada do blog Coco e Baunilha)

Ingredientes:

{Massa Choux}
| 125 ml de água
| 125 ml de leite
| 100 g de manteiga
| 1 c. (sopa) de açúcar em pó
| 5 g de sal
| 150 g de farinha s/ fermento
| 4 ovos
| 1 ovo batido p/ pincelar
| amêndoas palitadas

{Creme de Pistácio}
| 500 g de Mascarpone
| 200 ml de natas frescas (c/ 35% m.g.) 
| 4 c. (sopa) de açúcar baunilhado em pó
| 1 c. (sopa) de pasta de pistácio

| 200 g de framboesas
| açúcar em pó p/ polvilhar
| pistácios picados

Preparação:
1 . Leve um tacho ao lume com a água, o leite, a manteiga o açúcar e o sal. Aqueça até levantar fervura e nesse momento junte a farinha de uma só vez. Mexa muito nem com uma espátula ou colher de pau, até a massa descolar completamente do tacho e a colher.

2 . Junte os ovos, um de cada vez, mexendo bem entre cada adição, até ficar homogéneo.

3 . Pré-aqueça o forno a 200ºC. Trace um círculo de 20 cm numa folha de papel vegetal, usando um prato ou aro desse tamanho. Volte a folha ao contrário num tabuleiro de forno ligeiramente untado nas extremidades (para a folha não levantar durante a cozedura).

4 . Transfira a massa para um saco de pasteleiro com uma boquilha redonda ou em estrela e de abertura larga.

5 . Por cima do círculo desenhado forme duas coroas de massa que deverão ficar juntas e de seguida forme uma terceira coroa por cima das duas primeiras, ou seja, no centro das mesmas.

6 . Pincele com o ovo batido e polvilhe com a amêndoa palitada (ou laminada). Leve ao forno a 200ºC e passados 10 minutos reduza a temperatura para 180ºC e deixe ficar por mais 20 minutos ou até ficar volumoso e bem dourado (não abrir a porta do forno). Desligue e deixe arrefecer dentro do forno com a porta entreaberta.

7 . Prepare o recheio, batendo o mascarpone e as natas durante alguns minutos até ficar bem firme. Adicione o açúcar baunilhado em pó e a pasta de pistácio e bata mais um pouco até ficar homogéneo.

8 . Com uma faca de serrilha corte o paris-brest no sentido do comprimento, a 2/3 de altura (ou seja, deixando a parte de baixo mais alta, a fim de ser recheada).

9 . Coloque a base num prato de servir e de seguida distribua o recheio, usando o saco de pasteleiro e uma boquilha em estrela larga.

10 . Distribua as framboesas sobre o creme de pistácio e também de lado e cubra o paris-brest com a segunda metade de massa choux. Polvilhe com açúcar em pó e pistácios picados e leve ao frigorífico, pelo menos meia hora antes de servir.




2 comentários:

  1. Muito obrigada por partilhar uma receita tão boa e bonita eu vou fazer está aque faço e a normal 😋

    ResponderEliminar
  2. Muitos parabéns pelo aniversário e pelo Paris-Brest que está lindíssimo. Felicidades e obrigada pelo maravilhoso blog.

    ResponderEliminar