Tarte de Rosas de Maçã para o Dia da Mãe


Hoje celebra-se o Dia da Mãe e para assinalar esta data tão especial, preparei este post como forma de homenagem a todas as mães! O texto abaixo é mais um artigo que escrevo em colaboração com o site Alegro, o qual acompanho de uma receita especial que fiz com todo o carinho. A receita é adaptada daqui, mas foi no blog da querida Lia, o Lemon and Vanilla que tomei conhecimento dela e desde então que estava à espera de um momento especial para a colocar em prática. Deixo-vos a minha versão da Tarte de Rosas de Maçã!

Vamos Mimar as Nossas Mães?!

O Dia da Mãe é tradicionalmente festejado há muitos, muitos anos e tem a sua origem ainda no tempo dos Romanos. Muitos olham para este dia apenas como "mais uma celebração", mas este é o dia em que todos nós devemos fazer uma pausa na rotina diária e valorizar a mulher ou mulheres especiais das nossas vidas que já foram ou estão prestes a serem mães. Aquelas que sempre estiveram lá, que nos apoiaram e amaram incondicionalmente desde o primeiro instante. Que nos deram e ainda dão carinho, nos aconselham quando precisamos e que, mesmo no meio de mil tarefas, ainda conseguem arranjar tempo para cozinhar e alimentar a família. Se você é mãe ou tem uma mulher especial na sua vida que é a sua mãe, ou então se ama a mãe do seu filho, então fique a conhecer algumas ideias interessantes de como a mimar e impressionar neste dia que é apenas dedicado a ela.

Quando somos crianças é fácil agradar a uma mãe, seja através de uma flor comprada com o dinheiro e a ajuda imprescindível do pai, ou através de uma colagem ou um desenho que fizemos na escola e que com tanto empenho e dedicação colorimos. No entanto, tal como nós, também as nossas mães crescem e envelhecem e com o passar do tempo torna-se mais difícil encontrar um presente que realmente faça a diferença e satisfaça as nossas mães. Um cartão colorido a acompanhar uma caixa de bombons ou um ramo de flores pode sempre ser a solução, mas isso é demasiado previsível e outras formas existem, muitas vezes mais simples até, para surpreender e impressionar as nossas queridas mães.


Pense bem antes de comprar um presente para a sua própria mãe, avó ou para a mãe do seu filho. Convém saber de antemão se realmente o que está a comprar é algo que vai mesmo fazer falta ou é simplesmente mais um artigo sem utilidade que se vai acumular lá em casa. Existem tantas outras formas de oferecer algo que irá marcar essas mulheres que certamente elas não irão mais esquecer esse dia especial. Algo simples como um passeio pelo shopping durante a manhã que inclua uma relaxante massagem num spa. Ou, porque não, neste dia especial ser você mesmo a preparar um pequeno almoço requintado para a sua mãe?! Não se acanhe, a imaginação não tem limites e se a mãe que quer homenagear gostar de comer leve-a a tomar um brunch naquele sítio especial que há tanto tempo queria experimentar. Mas não é tudo, se o tempo permitir, leve-a a passear à beira-mar, aproveitem para carregar baterias, tirem juntos uma selfie e partilhem com o mundo o vosso amor incondicional.

Dedique este dia exclusivamente a ela!

A maioria das mães são extremamente ocupadas, para além da vida profissional, ainda têm as tarefas domésticas para fazer. Por isso se você gosta realmente dela, quer surpreendê-la e fazer com que se sinta especial neste Dia da Mãe, dedique todo o tempo a ela mimando-a e passando com ela tempo de qualidade. Comece por proibi-la de entrar na cozinha e prepare-lhe um pequeno almoço especial com aquelas panquecas deliciosas que tão bem ela lhe ensinou a fazer quando ainda era criança. E não caia no erro de a manter em casa, pois se se distrair ela certamente irá acabar por voltar às suas tarefas. Este dia é dela e para ela, convide-a a sair e a conhecer melhor a cidade, dar um passeio juntos ou em família, a aproveitar o clima de primavera, a sentar numa esplanada enquanto tomam um refresco e falam sobre a vida. Conversem, riam juntos, relembrem e construam novas memórias, fortaleçam esse amor mãe-filho que é único e tão genuíno.


As mães são as maiores professoras e protetoras do mundo e deveríamos estar-lhes eternamente gratos por isso. Senão vejamos, foram elas que nos ensinaram a caminhar, foi com elas que aprendemos uma série de habilidades, elas estavam sempre lá quando ficávamos doentes e indefesos, foram elas que nos ensinaram a ultrapassar os nossos medos e fobias e foi com elas que nos preparámos para enfrentar um mundo real que está longe de ser perfeito. O amor de mãe é ilimitado e eterno e sempre que necessitamos de uma palavra amável ou de um gesto de amor, ela está lá para nos apoiar, nem que seja com um simples beijo. 

E feliz daquele que ainda tem em vida uma mãe a quem agradecer por tudo isso! Não é o meu caso, pois há muito que a minha mãe abandonou a vida na Terra, mas tudo o que escrevi acima gostava de fazer e partilhar com ela neste dia especial, caso ela estivesse presente fisicamente.  Quem me dera poder abraçá-la só durante alguns segundos, beijá-la e dizer-lhe o quanto ainda gosto dela. Não deixe por isso que este seja apenas mais um dia e dedique-o inteiramente à mulher que o trouxe ao mundo. Embora elas mereçam muito mais, este dia é exclusivamente delas por isso e porque estamos no mês das flores, aceite a minha sugestão, vá para a cozinha e surpreenda a sua mãe, oferecendo-lhe as flores mais doces que ela alguma vez recebeu, na forma de uma Tarte de Rosas de Maçã.

Feliz Dia das Mães!


Tarte de Rosas de Maçã 

Ingredientes:
{para a massa}
| 100 g de manteiga
| 200 g de farinha s/ fermento
| 1 c. (sopa) de açúcar amarelo
| 1 ovo (clara e gema separadas)
| algumas gotas de extrato de baunilha
| 2-3 c. (sopa) de água gelada

{para o recheio}
| 3 maçãs vermelhas, descaroçadas e fatiadas em meias luas
| sumo de 1/2 limão
| 100 g de massapão
| 100 g de manteiga derretida
| 100 g de açúcar amarelo
| 2 ovos
| 140 g de amêndoa moída
| 75 g de farinha s/ fermento
| 1 c. (sopa) de leite
| açúcar em pó para polvilhar

Preparação:
1 - Numa taça misture a farinha com a manteiga, esfregando com os dedos, até obter uma mistura areada. Adicione o açúcar, a gema de ovo (reservar a clara), o extrato de baunilha e 2-3 c. (sopa) de água gelada. Misture muito bem até a massa desprender da taça e das mãos e forme com ela uma bola. Embrulhe em película aderente e leve a refrigerar por 30 minutos.

2 - Entretanto, corte a maçã em fatias finas, coloque-as numa taça de vidro, regue com o sumo de limão e cubra com água fria. Leve ao micro-ondas na potência máximo durante 4 minutos.
Retire e seque bem as fatias de maçã com papel de cozinha absorvente.

3 - Pré-aqueça o forno a 190ºC.
Estenda a massa numa superfície enfarinhada, dando-lhe o tamanho suficiente para forrar uma tarteira quadrada de fundo amovível com 23 cm de diâmetro (ou outra forma que queira usar). Cortar o excesso de massa com uma faca ou tesoura deixando cerca de 5mm acima dos bordos da forma. Pique a massa com um garfo, cubra com papel de alumínio ou papel vegetal e encha com pérolas de cerâmica ou leguminosas secas e leve ao forno por 15 minutos.

4 - Retire as leguminosas e o papel e pincele a massa com a clara de ovo reservada e volte a levar ao forno mais 10 minutos, até a massa adquirir o aspecto de biscoito crocante.

5 - Sobre uma superfície polvilhada com açúcar em pó, estenda 75 g de massapão obtendo um rectângulo com aprox. 20cm x 15 cm. Corte o rectângulo de massapão em três partes iguais e em cada parte, disponha 8 meias luas de maçã na extremidade mais longa. Dobre e enrole o massapão com as meias luas de maçã por forma a criar o efeito de uma rosa (ver passo-a-passo aqui). Reserve as rosas de massapão numa forma de muffins para que não se desmanchem. Com o restante massapão molde pequenas bolinhas e reserve.

6 - Prepare o recheio misturando a manteiga derretida, o açúcar, os ovos, a amêndoa moída, a farinha e o leite. Envolva bem até obter uma mistura cremosa e homogénea. Espalhe o recheio sobre a base da tarte e disponha as rosas de massapão, pressionando -as ligeiramente.

7 - Espalhe também as restantes meias luas de maçã, enrolando-as e formando pequenos botões de rosa ou pétalas soltas. Coloque as bolinhas de massapão sobre as rosas e leve a tarte ao forno por mais 30 minutos.

8 - Deixe arrefecer a tarte dentro da forma por 10 minutos antes de desenformar e na hora de servir, polvilhe com açúcar em pó.

20 comentários:

  1. Olá Célio: esta é, sem dúvida, uma lindíssima homenagem a todas as mães. Uma tarte com uma maravilhosa apresentação. Também a tinha visto no blog da querida Lia e estão ambas lindas!!! Como disse no FB ,esta tarte é um "poema gastronómico".
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  2. A tua tarte está simplesmente fantástica! e tu és tão lindo, amigo... tenho a certeza de que a tua mãe tinha em ti um orgulho enorme! Adorei as tuas sugestões para o dia da mãe, principalmente porque sei que escreveste o que gostarias de fazer com a tua.
    Um beijo enorme e "aquele" abracinho!

    ResponderEliminar
  3. Mais uma receita espetacular, com louças lindíssimas e um texto muito moral. Para mim, há muito boa gente, que aproveita este e outros dias para aumentar as suas vendas. Muito, demasiado marketing para mim. Deixei de dar prendinhas/lembranças, ou é uma coisa que realmente ela já queria ou opto por um pequeno doce ou bolachas ou um simples feliz dia da mãe e um abraço bem apertado :)

    ResponderEliminar
  4. Lindíssima apresentação, toda mãe ficará encantada!Pena que a minha já não esteja mais aqui.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  5. Just one word for you: STUNNING!
    xoxoxo,
    Michele ;-)

    ResponderEliminar
  6. Um texto cheio de verdade e sentimento a acompanhar uma tarte desta beleza transforma este post em algo muito especial. Adorei, Célio!
    A tua reinterpretação desta receita deu-lhe ainda mais charme. Está lindissima e esse interior é de derreter qualquer um!!!
    Não duvides que a tua mãe estaria (ou estará, eu prefiro!) babadissima de orgulho pela forma como te dedicas e entregas ao que realmente gostas de fazer.

    Bjinhos grandes

    ResponderEliminar
  7. Uau, ficou lindíssima.
    De certeza aonde "Ela" estiver está orgulhosa de ti.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/05/dia-um-na-cozinha-e-uma-pavlova-de.html

    ResponderEliminar
  8. absolutamente linda essa tarte ... como Mãe que sou, agradeço o mimo virtual e um dia coloco em prática, mas sem o maçapão que não gosto :p
    beijinhos
    Carla

    ResponderEliminar
  9. Célio,
    Bem sabes que tens o poder de me emocionar todos os anos com os teus posts do dia da mãe e este ano, não foi excepção.
    É o que digo sempre e repito. Mesmo não te conhecendo pessoalmente, acredito que sejas das melhores pessoas que existem e uma raridade no que toca a integridade e valores.
    Quanto à tua tarte, amo de paixão, pois embora eu tenha optado pelo formato rectangular, acho esta tua quadrada um arraso de linda. Muito mais linda que a minha ou a da BBC.
    Um beijinho e obrigada pela referência,
    Lia

    ResponderEliminar
  10. Uau! Que beleza impressionante (tal como tudo o que publicas no blog)!
    Realmente tens uma criatividade e perfeccionismo fantástico, é um gosto seguir este blog!

    Grande homenagem às mães!!

    Daniel - De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
  11. Um excelente texto que diz tudo sobre o dia da mãe. Não sou muito dada a grandes presentes, materiais e muito caros. Prefiro estar com ela mais tempo, oferecer uma flor, algo feito por mim, ou simplesmente um miminho. Poder passar o dia com ela e dar lhe muitos beijinhos. Felizmente ainda tenho esse privilégio.
    Quanto a esta tua tarte ficaria lindamente em qualquer dia, para festejar o que fosse. Tartes de fruta que adoro e deliro com elas e uma apresentação única e perfeita.
    Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  12. Que tarte super airosa e delicada, mesmo ideal para uma mamã.
    Adorei o recheio, húmido e amarelinho. Vou guardar!Só não sei se consigo as rosinhas com tanta perfeição, só mesmo as tuas mãozinhas!!!
    Beijinho e boa semana
    C

    ResponderEliminar
  13. Oh Célio, que linda que ficou a tua tarte!
    Também guardei a tarte da Lia para a fazer um dia!
    Uma pessoa fica com os olhos colados ao computador tal é a beleza da tarte!
    Gostei imenso :)
    Qualquer mãe ficaria encantada com ela.
    Um grande beijinho

    ResponderEliminar
  14. esta tarte é sem dúvida uma maneira lindíssima de celebrar o dia da mãe. eu sou uma impaciente e nunca seria capaz de ter o cuidado de fazer as rosas, por isso limito-me a olhar e a desejar um dia fazer da comida uma arte, como tu :)

    ResponderEliminar
  15. Célio, ficou linda, linda, linda!!!
    Roubo um sorriso a qualquer mãe.
    Beijinhos

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Sem palavras completamente!! a sério de coração digo que esta tarte está mesmo sublime, linda, cheia de amor!! AMEI!!! beijinhos da Amoridoce :) Parabéns!!

    ResponderEliminar
  17. Linda esta tarte... Mesmo! Acha que posso substituir o massapao por outra coisa, ou neste caso não haverá alternativa à altura? :)

    ResponderEliminar
  18. Linda esta tarte... Mesmo! Acha que posso substituir o massapao por outra coisa, ou neste caso não haverá alternativa à altura? :)

    ResponderEliminar
  19. Arte numa tarte, que linda!
    E cheia de amor, que é o mais importante em tudo o que fazemos.
    Não podia imaginar melhor prenda para a mãe.
    Ficou tão linda a tarte, adoro.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  20. Célio, mais uma vez fiquei emocionada com o teu post :)
    A tarte está maravilhosa, uma obra de arte ♥ gosto muito do formato quadrado. O recheio nem se fala, deixa-nos a suspirar!
    Um bjinho


    ResponderEliminar