Sanduíches de Gelado Floresta Negra


Os gelados são daquelas receitas gulosas que tanto são apreciadas por miúdos como por graúdos. Servidos como sobremesa ou simplesmente para satisfazer a gula, quem não gosta de saborear um delicioso gelado?! Principalmente agora que os dias começam a ficar mais quentes e convidam a sair de casa. É no Verão que os gelados sabem melhor, mas aqui em casa eles marcam sempre presença, em qualquer estação do ano. São óptimos para aqueles jantares de fim de semana, quando não temos tempo para preparar uma sobremesa. Em poucos minutos, havendo gelado, fruta e algumas bolachas, conseguimos criar uma deliciosa sobremesa no copo com várias texturas e sabores. Faço-o imensas vezes e nunca desilude. Adoro gelados e se forem caseiros tanto melhor. Gosto de experimentar novas receitas e sabores e de repetir aqueles que já são os meus preferidos. 


Desta vez trago uma sugestão irresistível de um gelado que não precisa de máquina, é feito em poucos minutos, com poucos ingredientes e que é a reinvenção de um clássico. Chegaram cá a casa as primeiras cerejas do ano e decidi fazer com elas um gelado. Pensei no clássico sabor floresta negra, que mistura o chocolate com a cereja numa combinação perfeita. Como queria algo diferente e com texturas, decidi usar as My Cookie XL de Alfarroba & Chocolate e de Chocolate de Leite da Nacional e com elas fazer umas sanduíches de gelado. Esta é a receita perfeita para fazerem lá em casa com os miúdos. Eles vão adorar, não só criar as suas próprias sanduíches de gelado, como deverá-las em menos de nada. Se forem mesmo gulosos, experimentem adicionar algumas My Cookie XL de Alfarroba & Chocolate da Nacional ao gelado, antes de ir ao congelador. 

Talvez estejam habituados a associar a marca Nacional às farinhas e às massas alimentares. Mas para quem não sabe, a Nacional produz também cereais de pequeno almoço e bolachas, entre elas as My Cookie XL, gigantes e deliciosas, com pepitas de chocolate em doses generosas para um momento cheio de prazer. Porque a Nacional é uma marca inovadora, que procura satisfazer todos os gostos e  os clientes mais exigentes, mantendo assim viva a sua assinatura - "O que é Nacional é bom".







Sanduíches de Gelado Floresta Negra

Ingredientes:
| 500 g de cerejas descaroçadas
| 50 g de açúcar amarelo
| 2 c. (sopa) de água
| 400 ml de natas para bater
| 1 lata de leite condensado magro
| 1 c. (chá) de extrato de baunilha
| 100 g de chocolate negro grosseiramente picado

Preparação:
1 . Prepare a compota de cereja, levando um tacho ao lume com as cerejas, o açúcar e a água. Deixe levantar fervura e cozinhe durante cerca de 10 minutos, mexendo de vez em quando. Se as cerejas ainda estiverem firmes, esmague-as ligeiramente com um garfo. Reserve no frigorífico para arrefecer.

2 . Bata as natas até ficarem bem firmes, com a consistência de chantilly. Adicione o leite condensado e o extrato de baunilha e volte a bater, apenas para envolver.

3 . Numa forma verta metade da mistura de natas e por cima espalhe metade da compota de cereja e metade do chocolate negro picado. Com uma colher faça alguns movimentos circulares para dar um efeito swirl. Verta a restante mistura de natas e volte a adicionar a restante compota e chocolate. Mexa novamente em movimentos circulares com uma colher. 

4 . Esmague quatro Cookies XL da Nacional e espalhe por cima. Leve o gelado ao congelador durante pelo menos 4 horas (o ideal será fazer de véspera e deixar refrigerar durante a noite).

5 . Retire o gelado do congelador e deixe-o à temperatura ambiente durante 10 minutos. Com uma colher de gelados retire uma bola generosa e recheie com ela duas Cookies XL da Nacional, formando uma sanduíche de gelado. Repita o processo para as restantes Cookies XL. Sirva de imediato ou conserve as sanduíches de gelado no congelador num recipiente hermético.








Ideias e Receitas Para Um Jantar de Amigos: Palitos de Courgette e Parmesão | Noodles de Courgette com Pesto e Camarão | Brownies de Courgette


Gosto de receber os amigos em casa para jantar. E esta é a melhor altura do ano para o fazer, pois as noites começam a ficar mais agradáveis e sabe bem saborear uma refeição no jardim ou mesmo na varanda. Encher uma mesa de boa comida, um bom vinho a acompanhar e deixar o resto fluir. Meter a conversa em dia, soltar umas gargalhadas e falar de tudo e mais alguma coisa. São estes momentos que fazem a vida valer a pena, são as memórias que criamos à volta de uma mesa farta que constroem a nossa felicidade. E nem são precisos pratos muito elaborados ou ingredientes caros para tornar memorável uma refeição. O segredo está em simplificar, em criar refeições fáceis e rápidas, com ingredientes simples e sazonais e que nos permitam elaborar pratos cheios de sabor. Desta forma não será difícil impressionar e agradar os nossos convidados.


Fui desafiado pelo Alegro a escrever um artigo sobre ideias e receitas fáceis e rápidas para um jantar de amigos. Confesso que não foi uma tarefa difícil, pois este é um conceito que gosto de colocar em prática. A maioria das minhas receitas são fáceis de preparar e com ingredientes simples e sazonais. Por norma são também receitas rápidas, todas elas se preparam em menos de 30 minutos e quando exigem uma preparação mais longa, começo a organizar tudo de véspera. Com um bom planeamento e alguma organização, tudo fica mais simples.

Para acompanhar o artigo, que podem ler na íntegra no site Alegro, desenvolvi três receitas, uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. E todas elas com um ingrediente em comum, a courgette. Este é um legume sazonal e bastante versátil, que pode ser utilizado tanto em pratos doces como salgados. Cá em casa é bastante apreciada e usada em bolos mas também salteada simples, com alho e azeite, a acompanhar outros pratos. Também costumo grelhar a courgette ou assar juntamente com outros legumes. Mas há muitas formas de usar este legume. Espreitem esta Pizza de Courgette e Requeijão, estes Rolinhos de Courgettte com Requeijão e Atum ou este Bolo de Courgette e Coco. Deixem-se também inspirar pelas três sugestões que apresento neste post e posso desde já adiantar que estes são os melhores brownies que comi até hoje. A receita já foi repetida e nunca desilude. Aah, e não se esqueçam de acompanhar o brownie com uma bola de gelado.





(artigo escrito em colaboração com o site Alegro)

Ideias e Receitas Para Um Jantar de Amigos

Juntar os amigos à volta da mesa e criar momentos únicos e memoráveis com a comida como pano de fundo é algo que nos deixa felizes. Na hora de servir a refeição todos gostamos de impressionar e surpreender os convidados com receitas fáceis, rápidas e deliciosas. E nem precisamos de ser chefs ou dominar as técnicas de cozinha para criar um jantar memorável para os amigos e um serão bem divertido e animado. Tudo se resume a três regras básicas. São elas organizar, planear e simplificar.

Ideias Para Organizar Um Jantar de Amigos: Organize o jantar baseando-se no número de pessoas que vai receber. Certifique-se de que nenhum dos seus convidados sofre de alguma intolerância alimentar ou segue alguma dieta específica. A partir daí crie um menu, constituído por uma ou mais entradas, um prato principal e uma sobremesa. Pense em receitas fáceis e rápidas e com ingredientes sazonais e fáceis de encontrar. Elabore uma lista de compras e certifique-se que tem todos os ingredientes na hora de cozinhar. 

Para entrada para o seu jantar de amigos pode preparar uma sopa com legumes da estação. No Verão, por exemplo, aproveite para fazer um creme de courgette ou uma sopa de tomate assado. Já no Inverno sabe bem um creme aveludado de cogumelos ou castanhas e batata doce. Em alternativa, prepare uma tábua de queijos e enchidos, com alguns frutos secos, compota e pão fresco ou opte ainda por um paté caseiro com ervas frescas. O prato principal poderá ser uma lasanha de legumes ou um peixe assado no forno. Apresente a sobremesa em tacinhas individuais que tanto poderão ser uma mousse de chocolate ou manga ou um simples "cheesecake no copo". Mas nada como (...)

(leiam o artigo completo aqui)






3 Receitas Para o Seu jantar de Amigos
Para receber os amigos, apresento como sugestão um menu com receitas fáceis e rápidas e todas elas com a courgette como ingrediente principal. Este é um ingrediente muito versátil e consensual, que tanto funciona bem em pratos doces como salgados e que vai surpreender os paladares mais apurados.

Entrada: Palitos de Courgette e Parmesão

Ingredientes:
| 2 courgettes médias
| 1 chávena de panko (ou pão ralado)
| 1/2 chávena de Parmesão ralado
| 1 c. (chá) de ervas secas
| 1 c. (chá) de alho em pó                                
| sal e pimenta
| 1 chávena de farinha
| 3 ovos batidos

Preparação:
1 . Pré-aqueça o forno a 200ºC e forre um tabuleiro com papel vegetal.

2 . Corte as courgettes em palitos com cerca de 8cm de comprimento e 1,5cm de espessura. Disponha os palitos sobre papel absorvente e reserve.

3 . Num prato largo misture o panko com o Parmesão, as ervas, o alho, o sal e a pimenta. Reserve.

4 . Noutro prato coloque a farinha.

5 . Numa taça larga bata os ovos e tempere com sal e pimenta.

6 . Passe os palitos de courgette pela farinha, depois passe pelo ovo batido e finalmente no panko.  

7 . Disponha os palitos no tabuleiro e leve ao forno durante 20-25 minutos até ficarem douradinhos.

8 . Sirva acompanhado de um molho da sua preferência.


Prato Principal: Noodles de Courgette com Pesto e Camarão

Ingredientes: (para 4 pessoas)
| 3 courgettes médias
| 1 fio de azeite
| 200 g de camarão
| 1 dente de alho picado
| 1 frasco de Pesto
| amêndoas laminadas
| folhas de manjericão

Preparação:
1 . Corte a courgette em fios usando um espiralizador ou um acessório para fazer noodles de vegetais.

2 . Aqueça um fio de azeite numa caçarola, junte os camarões, o alho picado e salteie. Adicione os noodles de courgette e deixe cozinhar durante 2 minutos, até a courgette amolecer.

3 . Adicione o pesto e misture.

4 . Siva com amêndoas laminadas e folhas de manjericão.


Sobremesa: Brownies de Courgette

Ingredientes:
| 100 ml de azeite
| 280 g de açúcar amarelo
| 1 c. (chá) de extrato de baunilha
| 250 g de farinha s/ fermento
| 60 g de cacau em pó
| 1 c. (chá) de bicarbonato de sódio
| 1 pitada de sal
| 400 g de courgette, finamente ralada
| 200 g de chocolate negro, em pedaços 

Preparação:
1 . Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte com manteiga e forre com papel vegetal, também untado, um tabuleiro quadrado. Reserve.

2 . Numa taça misture o azeite com o açúcar e a baunilha. Junte a farinha, o cacau, o bicabonato e o sal e misture bem com uma vara de arames, até obter uma massa seca e areada.

3 . Adicione a courgette ralada e misture bem. Deixe a massa repousar 5 minutos, adicione o chocolate em pedaços e volte a misturar.

4 . Verta a massa no tabuleiro e leve ao forno durante 25-30 minutos. 

5 . Retire do forno, deixe arrefecer e corte em quadrados. Sirva acompanhado de uma bola de gelado.






Jantar de Amigos com Vinhos Lidl | Beringelas Recheadas com Quinoa e Tomate


Agora que os dias estão mais quentes, apetece estar mais vezes fora de casa. E de preferência sempre bem acompanhado. É chegada a altura de montar a mesa e as cadeiras no jardim ou na varanda, convidar a família e os amigos para partilhar refeições simples e deliciosas e criar boas memórias à volta da comida. Não dar pelo tempo passar e deixarmo-nos perder em conversas intermináveis. Das coisas que mais prazer me dá é receber os amigos cá em casa. Gosto de planear tudo detalhadamente para que quando eles cheguem eu possa passar o mínimo de tempo na cozinha, a preparar a refeição e o máximo de tempo com eles, à mesa. Procuro sempre que os jantares sejam o mais descontraídos possível. Começamos sempre com umas entradas simples e em modo petisco, para aguçar o apetite. Umas azeitonas, uns chips de vegetais, uns queijos fatiados, pão ou broa, fazem as delicias dos convidados. O prato principal, esse já foi preparado em antecipação e só está à espera de uma breve passagem pelo forno. Assim como a sobremesa, que aguarda gloriosamente no frigorífico pelo término da refeição.


Uma das coisas que nunca pode falhar nos jantares cá de casa é o vinho e foi precisamente a primeira coisa que decidi comprar. Resolvi passar pelo LIDL, pois sei que lá encontro sempre uma grande variedade dos melhores vinhos portugueses. Vinhos selecionados e exclusivos e para todas as ocasiões, com uma excelente relação qualidade preço e muitos dos quais já foram premiados em certames nacionais e internacionais. A escolha não foi fácil, atendendo à variedade mas também à qualidade dos vinhos que, ainda por cima, volta e meia costumam estar em promoção. Confesso que nesta ida às compras ainda não tinha sequer pensado no que iria cozinhar. Foi então que, ao passar pela secção dos frescos, algo me despertou a atenção. Das coisas que gosto de trazer quando passo pelo LIDL são os frescos. Encontramos sempre frescos de qualidade e a um bom preço. E desta vez, para além de alguns verdes para as saladas, não resisti a trazer comigo umas beringelas. Não é das coisas que mais consumo, até porque na hora de as cozinhar, nunca sei bem o que fazer com elas. Mas estas estavam tão lindas e com um ar tão fresco que em poucos segundos saltaram da prateleira para o carrinho de compras. Ali mesmo ao lado estavam os tomates cereja e rapidamente me ocorreu rechear as beringelas com eles. Faltava encontrar uma proteína, algo que se tornou fácil quando dei de caras com a quinoa. A partir dali foi fácil elaborar a receita perfeita para este jantar de amigos. Com mais alguns ingredientes completei a receita e acabei ainda por comprar os ingredientes para preparar as entradas e a sobremesa.

Mas voltando aos vinhos LIDL, decidi trazer comigo três vinhos diferentes para harmonizar cada parte da refeição. Assim, para a entrada preparei uns Crostini de Brie e Chutney de Cebola Roxa que decidi acompanhar com um Vinho Branco Espirito do Coa da região do Douro. Este é um vinho leve e fresco e que combina na perfeição com queijos. Para acompanhar o prato principal, umas Beringelas Recheadas com Quinoa e Tomate, escolhi um vinho medalhado, o Vinho Tinto Torre de Ferro Reserva da região do Dão. De cor carregada, este vinho apresenta uma boa acidez e frescura e foi sem dúvida uma excelente escolha. Nenhuma refeição fica completa sem uma deliciosa sobremesa. Decidi fazer algo que é bastante tradicional e do agrado de todos, um Leite Creme Tradicional, servido com um Vinho do Porto Tawny Armilar 10 Anos. Um Vinho do Porto nobre, rico e com aromas intensos de frutos secos, que pode ser servido sozinho, no final da refeição ou como acompanhamento de doces à base de ovos. Deliciem-se e inspirem-se nas três receitas que apresento de seguida e consigam com elas apresentar um jantar perfeito.


Entrada: Crostini de Brie e Chutney de Cebola Roxa

Ingredientes:
| 1 baguete 
| 1/2 queijo Brie
| 3 c. (sopa) de azeite
| 400 g de cebola roxa 
| 1 malagueta pequena
| 150 g de açúcar mascavado
| 1/2 c. (chá) de sal
| 100 ml de vinagre balsâmico
| 50 ml de vinagre de vinho tinto

Preparação:
1 . Comece por preparar o chutney, levando um tacho com o azeite a lume brando. Junte as cebolas cortadas em meias luas e a malagueta finamente picada. Deixe refogar durante alguns minutos até que a cebola fique macia.

2 . Adicione o açúcar, o sal e os vinagres, deixe levantar fervura e cozinhe por cerca de 30 a 40 minutos até o liquido evaporar e o chutney caramelizar. Nos últimos 15 minutos mexa de vez em quando para que o chutney não pegue ao fundo do tacho (O tempo de cozedura pode variar de acordo com a consistência do chutney pretendida. O chutney pode ser preparado com antecedência e ser conservado no frigorífico num recipiente hermético).

3 . Pré-aqueça o forno a 180ºC. Corte a baguete em fatias e coloque sobre a grelha do forno. Leve a tostar durante 8 minutos, ao até que fiquem douradas.

4 . Retire o pão do forno, corte o queijo em fatias e distribua sobre o pão. Leve novamente ao forno, durante alguns minutos, apenas para o queijo derreter ligeiramente. Retire e cubra cada fatia com 1 c. (chá) de chutney de cebola roxa. Sirva e harmonize com um Vinho Branco Espírito do Coa.

Prato Principal: Beringelas Recheadas com Quinoa e Tomate

Ingredientes:
| 3 beringelas 
| 2 c. (sopa) de azeite
| 1 cebola roxa
| 1 dente de alho
| 10 tomates cereja
| 100 g de tomate seco escorrido
| 3 c. (sopa) de polpa de tomate
| 1 c.(chá) de tomilho seco
| 1 c. (chá) de oregãos secos
| 1 pitada de pimenta
| 1 pitada de flor de sal
| 50 g de sultanas
| 4 c. (sopa) de coentros frescos picados
| 1 chávena de espinafres
| 2 chávenas de quinoa cozida
| 150 g de queijo da ilha ralado

Preparação:
1 . Pré-aqueça o forno a 180ºC. Corte as beringelas ao meio, na longitudinal e use uma faca para fazer pequenos golpes na polpa. Regue com um fio de azeite, salpique com flor de sal e leve ao forno, num tabuleiro forrado com papel vegetal, durante 35 minutos. Retire e reserve.

2 . Leve uma frigideira ao lume com o azeite e a cebola roxa, cortada em meias luas. Salteie até a cebola amolecer e junte de seguida o dente de alho picado,  os tomates cereja cortados em metades, e o tomate seco grosseiramente picado e salteie mais um pouco.

3 . Com uma colher, retire a polpa das beringelas, sem danificar a casca. Adicione a polpa ao preparado anterior e salteie mais um pouco.

4 . Adicione a polpa de tomate, os oregãos, o tomilho e tempere com uma pitada de pimenta e flor de sal. Junte as sultanas e deixe cozinhar, mexendo, até o liquido evaporar.

5 . Junte os coentros picados e os espinafres e envolva até os espinafres murcharem. Por fim adicione a quinoa cozida e envolva tudo.

6 . Distribua a mistura pelas cascas das beringelas, cubra com queijo da ilha ralado e leve novamente ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 10-15minutos minutos. Retire e sirva com uma salada de folhas verdes. Este prato acompanha na perfeição com um Vinho Tinto Torre de Ferro Reserva Dão.

Sobremesa: Leite Creme Tradicional

Ingredientes:
| 1 l de leite
| 1 pau de canela
| 3 cascas de limão (só a parte amarela)
| 6 gemas
| 180 g de açúcar
| 30 g de amido de milho
| açúcar mascavado qb

Preparação:
1 . Leve um tacho ao lume com o leite, o pau de canela e as cascas de limão, até levantar fervura.

2 . Numa taça bata as gemas com o açúcar, junte o amido de milho e envolva.

3 . Aos poucos adicione o leite ao preparado anterior e sem parar de mexer. Verta novamente a mistura no tacho e leve ao lume, mexendo sempre, até engrossar e formar um creme.

4 . Retire o tacho do lume, descarte as cascas de limão e o pau de canela e distribua o creme por taças individuais. Leve ao frigorífico para arrefecer.

5 . Na hora de servir polvilhe as taças com açúcar mascavado e queime a superfície com um ferro quente apropriado ou queime o açúcar com um maçarico até caramelizar. Sirva esta sobremesa acompanhada de um delicioso Vinho do Porto Tawny Armilar 10 Anos.