Gaspacho de Pepino e Abacate


O Verão quer-se feito de refeições simples e frescas. E se forem saudáveis tanto melhor. A ideia passa por despender o mínimo tempo na cozinha e nem sequer pensar em ligar o forno ou o fogão. Os dias são de calor, logo devem ser aproveitados para uma ida à praia em família ou para ir beber um copo com os amigos numa qualquer esplanada à beira mar. Haverá tempo para refeições mais elaboradas e de conforto, mas deixemos essas para os dias mais frios. Enquanto for Verão vamos mas é aproveitar os tomates da horta, os pimentos e as courgettes, os pepinos e as beringelas e também a batata doce. Sem esquecer as cebolas novas que estão cheias de sabor e também o milho doce, que quando grelhado fica para lá de delicioso. 

Esta é uma estação de abundância em legumes, então há que tirar partido disso e preparar com eles as refeições mais deliciosas. As saladas são sempre uma boa opção e não, não me refiro à simples salada de alface, tomate e pepino. Com meia dúzia de bons ingredientes e um pouco de criatividade podemos criar as saladas mais deliciosas. Mas eu também sou de sopas e sopa para mim tem de existir o ano inteiro, faça frio ou calor. Ainda que implique ligar o forno, a mais repetida nesta altura é a de tomate assado e manjericão. Preparada com os tomates coração-de-boi, que são os meus preferidos. Mas... e se for uma sopa fria?! 


As sopas frias têm vindo cada vez mais a conquistar o meu paladar. Há a clássica, de meloa, que faz uma entrada divinal e há ainda o tradicional gaspacho, seja ele feito na versão dos nossos vizinhos espanhóis ou na típica versão alentejana, de longe a minha preferida. E se for um gaspacho verde?! Bem, aqui a escolha já não é consensual, uma vez que esta receita é daquelas que ou se gosta mesmo ou se odeia. Acho que não existe um meio termo. Cá em casa eu represento a metade que adora e posso adiantar que esta sopa, para além de saudável, é um prato de Verão super refrescante e delicioso. Muito simples de preparar, não necessita de ser cozinhado e são apenas necessários alguns ingredientes simples, um processador e um frigorífico. Pode ser preparado de véspera e pode ainda ser servido como uma refeição leve, em pequenas taças, ou como entrada, em pequenos copos, com um topping de coentros, cebolo picado e sementes de abóbora ou sésamo.

A partilha desta receita surge do desafio que me foi lançado pela Oliveira da Serra para preparar uma receita de Verão, na qual deveria usar um dos seus azeites. Ora, sendo eu bastante apreciador desta gordura saudável, a minha escolha foi o Azeite Virgem Extra 1ª Colheita Oliveira da Serra. Todos os anos gosto de experimentar este azeite nas minhas receitas, por ser feito a partir das primeiras azeitonas, colhidas ainda jovens e frescas. Este azeite é sempre especial e único e apresenta um sabor e aroma tão característicos, equilibradamente amargos, picantes e ao mesmo tempo frutados, o que o torna perfeito tanto para cozinhar como para temperar.







Gaspacho de Pepino e Abacate

Ingredientes:
| 1 abacate
| 2 pepinos
| 1 dente de alho
| 2 cebolos + 1 para servir
| 150 ml de iogurte grego
| sumo e raspa de 1 lima
| 200 ml de água fria
| sal qb
| pimenta qb
| coentros picados para servir
| sementes de abóbora para servir

Preparação:
1 . Num robot de cozinha ou processador de alimentos, coloque o abacate em pedaços, os pepinos também em pedaços, o dente de alho, os cebolos cortados em rodelas, o iogurte grego, o azeite, o sumo e raspa de lima e a água. Tempere com sal e pimenta e triture durante 1 ou 2 minutos até obter um creme aveludado.

2 . Se necessário e caso o creme ainda esteja grosso, adicione mais um pouco de água. Prove e rectifique os temperos e leve ao frigorífico durante pelo menos 3 horas até servir.

3 . Na hora de servir, distribua o gaspacho por taças e sirva com rodelas de pepino (opcional), cebolo picado, coentros picados, sementes de abóbora e um fio de azeite virgem extra.







Sem comentários:

Publicar um comentário