Canja de Bacalhau


Para estes dias mais frios apetecem as sopas, quentes e reconfortantes. Umas mais simples, outras mais elaboradas mas todas cheias de sabor. Nada sabe melhor, na hora de alimentar o estômago, do que saborear uma boa taça de sopa acabada de cozinhar. Puro conforto para a alma, não concordam?! E neste capítulo das sopas entram também as canjas, esse prato tão tipicamente português, tão simples de confeccionar e a que tantas vezes recorremos quando pretendemos recuperar de uma gripe ou constipação. A canja mais típica é a de galinha mas existem outras variantes como a canja de amêijoas ou esta que trago hoje, a canja de bacalhau.


A canja de bacalhau é um prato típico da minha infância, muito apreciado pelo meu pai e que muitas vezes era confeccionado lá em casa. Era também um prato a que a minha mãe recorria para aproveitar as postas de bacalhau cozido que sobravam de outras refeições. Com uma ou duas postas era possível fazer uma generosa quantidade de canja que deixava toda a gente satisfeita. Confesso que na altura, a canja de bacalhau não era das coisas que mais apreciava mas com o tempo fui aprendendo a gostar mais desta sopa, preparada com aquele ingrediente tão usado na gastronomia portuguesa, o bacalhau. 

Apesar de a versão da minha mãe ser diferente, pois ela usava arroz em vez de massa, era igualmente deliciosa. Eu prefiro usar a massa nesta canja e costumo até variar no tipo de massa. Aqui escolhi a massa Letras da Nacional, sendo esta também uma estratégia para que até os mais pequenos saboreiem de forma mais divertida uma sopa rica e saudável, enquanto descobrem as diferentes letras do alfabeto. Podem usar outras massas nesta receita, como a Pevide ou as Argolinhas, massas disponibilizadas pela Nacional e de óptima qualidade. Podem ver aqui toda a variedade de massas comercializada pela marca. E se procuram inspiração para cozinhar, espreitem esta e outras receitas deliciosas, disponíveis no separador "Receitas" no site da Nacional.






Canja de Bacalhau

Ingredientes:
| 2 lombos de bacalhau
| 1 folha de louro
| 1 cebola
| 2 dentes de alho
| 2 c. (sopa) de azeite             
| 1 cenoura
| sal qb
| 1 raminho de coentros
| 6 ovos escalfados

Preparação:
1 . Coloque os lombos de bacalhau num tacho, junte 2 litros de água, a folha de louro e leve ao lume. Quando levantar fervura, desligue o lume e deixe o bacalhau de molho na água, até arrefecer.

2 . Escorra o bacalhau, reservando a água da cozedura. Retire a pele e as espinhas e desfaça o bacalhau em lascas. Reserve.

3 . Pique a cebola e os dentes de alho, coloque num tacho e junte o azeite. Salteie até a cebola ficar translúcida e de seguida adicione a cenoura em cubos. Salteie mais um pouco.

4 . Adicione a água do bacalhau, tempere com sal e deixe levantar fervura. Junte a massa Letras da Nacional e deixe cozinhar durante 10 minutos.

5 . Junte o bacalhau, rectifique o sal, misture e desligue o lume. Adicione os coentros picados e envolva. Sirva a canja com os ovos escalfados.





Sem comentários:

Enviar um comentário